Coração, Síndrome Coronariana Crônica

O que é Angina?

Angina é uma das principais manifestações da Síndrome Coronariana Crônica (SCC) e embora o nome não seja conhecido por todos, a sensação é familiar (e um verdadeiro sinal de alerta): aquela famosa dor no peito, um desconforto que aparece como uma pressão, um peso.¹ Ela é causada pela redução do fluxo sanguíneo para o músculo do coração, normalmente graças ao acúmulo de placas de gordura nas artérias do coração (artérias coronárias), o que faz com que o músculo cardíaco não receba oxigênio e energia em quantidades suficientes.1-4

A angina é frequentemente desencadeada por estresse ou esforço físico intenso, quando o coração exigirá maior quantidade de energia para trabalhar normalmente. No entanto, a angina também pode acontecer enquanto você está em repouso ou mesmo fazendo atividades leves, do dia a dia, como varrer a casa ou subir escadas.1-3

A angina é a forma que seu coração tem de mostrar que ele está sob pressão: quase um grito de alerta! Essa dor, aperto ou pressão no peito geralmente dura entre 2 e 10 minutos e desaparece com repouso, por isso fique sempre atento aos sinais que o coração te dá e busque ajuda médica.1-3

Cerca de 60% dos pacientes com angina experimentam a angina típica, ou seja, essa sensação de dor, aperto ou desconforto no peito, que surge ou é precipitada por esforço, aborrecimento ou estresse. A dor da angina pode se espalhar para ombros, braços, pescoço e até para a mandíbula.4 Às vezes, a angina é sentida como dor ou desconforto em outras áreas do corpo, ou através de outras manifestações, outros sinais do coração, como:4

Adaptado da referência 4

Outros sintomas associados à angina são suor excessivo e até mesmo depressão, estresse e ansiedade.Ou seja, a angina pode se manifestar através de sintomas variados e diferentes entre as pessoas.4

É possível e importante diagnosticar e tratar adequadamente a angina, para que se possa levar uma vida normal, sem sintomas e com mais qualidade de vida e mais saudável, evitando a evolução da doença. 1-3 

Além do tratamento com medicamentos específicos, uma mudança de hábito de vida também é fundamental. Uma dieta equilibrada, com alimentos mais saudáveis e a prática regular de exercícios físicos podem ser grandes aliados nessa missão. Então, para manter a angina sob controle, não fique parado!1-3   Sempre compartilhe com seu médico e siga as recomendações indicadas por ele!

Seguindo as orientações médicas é possível controlar sintomas e reduzir o risco da evolução da Síndrome Coronariana Crônica (SCC)! 1-3

Referências bibliográficas:

  1. CESAR, L. A. et al. Diretriz de doença coronária estável. Arquivos brasileiros de cardiologia, v. 103, n. 2, p. 01-59, 2014.
  2. PRÉCOMA, Dalton Bertolim et al. Atualização da diretriz de prevenção cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia-2019. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 113, n. 4, p. 787-891, 2019.
  3. CARVALHO, Tales de et al. Diretriz Brasileira de Reabilitação Cardiovascular–2020. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 114, n. 5, p. 943-987, 2020.
  4. Ambrosio G, Collins P, Dechend R, Lopez-Sendon J, Manolis AJ, Camm AJ. StaBle Angina: PeRceptIon of NeeDs, Quality of Life and ManaGemEnt of Patients (BRIDGE Study)—A Multinational European Physician Survey. Angiology. 2019;70(5):397-406.

Últimas postagens

Viver melhor

Dependendo do tipo de diabetes e seu histórico, seu médico pode lhe receitar diferentes medicamen...

Viver melhor

Descansar e relaxar são indispensáveis para uma vida saudável. Quanto mais tranqui...

Viver melhor

Ao contrário da crença popular, as pessoas com diabetes não precisam de uma dieta diferente da de seus familiare...

Viver melhor

O exercício físico é um bom hábito que melhora a saúde de todos. É ainda mais importante para as pessoas com diabetes...

Coração / Síndrome Coronariana Crônica

Angina é uma das principais manifestações da Síndrome Coronariana Crônica (SCC) e embora o nome não seja conhecido po...

Fale conosco

Preencha o formulário e entraremos em contato