Coração, Vida pós-infarto

Prevenindo o segundo ataque cardíaco

De acordo com a American Heart Association, os ataques cardíacos em pacientes americanos não são tão mortais como costumavam ser. Graças aos avanços no tratamento de emergência, centenas de milhares de americanos que tiveram ataques cardíacos sobrevivem ao evento.

Se você é um desses sobreviventes, proteger seu coração deve ser sua prioridade máxima. Um em cada quatro homens e uma em cada três mulheres que sobrevivem a um ataque morrem no ano seguinte, na maioria das vezes de parada cardíaca ou outro ataque cardíaco. Ao fazer algumas mudanças de estilo de vida saudável e consultas regulares com o seu médico, você pode permanecer um sobrevivente e não uma vítima.

O que posso fazer para evitar um 2º ataque cardíaco?

Seu risco de um segundo infarto do miocárdio depende muito do seu estilo de vida. Em outras palavras, a prevenção está em suas mãos. Veja aqui as mudanças no estilo de vida que podem ajudar a manter seu coração funcionando:

– Se você fuma, pare. Pense no seu primeiro ataque cardíaco. Os cigarros danificam as artérias, modificam o ritmo cardíaco e baixam o colesterol. O tabagismo pode reduzir pela metade o risco de outro ataque cardíaco, caso abandone esse hábito. Você também deve evitar o fumo passivo no trabalho e em casa.

– Faça uma dieta saudável para o coração. Observar a sua dieta, especialmente a ingestão de gordura, nunca foi tão importante. Ao reduzir o consumo de gorduras, particularmente de gordura saturada, você pode reduzir o colesterol LDL, a substância que obstrui as artérias e prepara o terreno para um ataque cardíaco.

– De acordo com a American Heart Association, sobreviventes de ataque cardíaco devem obter menos de 30% de suas calorias de gordura, e menos de 7% de gordura saturada (que é encontrado em produtos animais). Para uma dieta típica de 2.000 calorias, isso se traduz em menos de 67 gramas de gordura (com menos de 16 gramas de gordura saturada) todos os dias.

– Evitar a gordura trans. Estes são encontrados em algumas margarinas, biscoitos e frituras em geral. Alguns estudos sugerem que as gorduras trans podem aumentar os níveis de colesterol mais do que a gordura saturada! Verifique os rótulos e evite alimentos que contenham “óleos parcialmente hidrogenados” – ou seja, gordura trans. Você também deve apontar para menos de 200mg de colesterol por dia.

– Você pode trocar alimentos gordurosos por frutas, vegetais e grãos. Estes alimentos abaixarão sua pressão de sangue, controlarão seu colesterol e protegerão suas artérias.

– Faça exercícios regularmente. Treinos regulares fortalecem o coração, reduzem os níveis de colesterol LDL e aumentam os níveis de colesterol HDL, o “bom” colesterol que ajuda a manter as artérias “limpas”. O exercício também ajuda a prevenir a depressão, uma grande ameaça para os pacientes cardíacos.

– A American Heart Association recomenda um mínimo de 30 minutos de caminhada ou outros exercícios por pelo menos cinco vezes por semana. Qualquer atividade é melhor do que nada. Você pode dar um impulso ao seu coração simplesmente subindo as escadas em vez do elevador ou fazendo percursos a pé em vez do carro.

É importante ressaltar que você deve fazer um check-up completo antes de iniciar um programa de exercícios. Seu médico pode querer fazer um teste de estresse antes (um exame que monitora seu coração enquanto caminha em uma esteira). Muitos pacientes serão aconselhados a participar de um programa de reabilitação cardíaca após seu primeiro ataque cardíaco. Este programa monitora seu coração durante o esforço físico para se certificar de que é seguro fazer exercício.

Fonte: https://consumer.healthday.com/encyclopedia/heart-health-22/misc-stroke-related-heart-news-360/preventing-a-second-heart-attack-645548.html

Últimas postagens

Viver melhor

Dependendo do tipo de diabetes e seu histórico, seu médico pode lhe receitar diferentes medicamen...

Viver melhor

Descansar e relaxar são indispensáveis para uma vida saudável. Quanto mais tranqui...

Viver melhor

Ao contrário da crença popular, as pessoas com diabetes não precisam de uma dieta diferente da de seus familiare...

Viver melhor

O exercício físico é um bom hábito que melhora a saúde de todos. É ainda mais importante para as pessoas com diabetes...

Coração / Vida pós-infarto

De acordo com a American Heart Association, os ataques cardíacos em pacientes americanos não são tão mortais como cos...

Fale conosco

Preencha o formulário e entraremos em contato